O que diz a ciência sobre as emoções


Começemos por entender o que é uma EMOÇÂO: emoção é uma palavra que deriva do latim emotione que significa mover para fora, promover uma grande agitação que leva algo do interior para o a superfície. É um conjunto de reações variáveis, tanto na duração como na intensidade, que ocorrem no corpo e no cérebro, geralmente desencadeadas por um conteúdo mental.


Então também vale a pena entender o que é a MENTE: mente deriva do latim mentis que significa inteligência e alma. É uma parte do ser humano que lhe permite a actividade reflexiva, cognitiva e afectiva ou seja, Entendimento, espírito, intelecto e pensamento.


Temos de olhar para as emoções como um acontecimento interno e individual, que não está isolado da mente e do pensamento.


Facilmente compreendemos que primeiro tudo começa com um pensamento, negativo ou positivo. Esse pensamento turbina uma emoção análoga, negativa ou positiva, criando um movimento de dentro para fora, manifestado num comportamento igualmente negativo ou positivo.


Facilmente percebemos que somos responsáveis pelos nossos pensamentos, pelas nossas emoções e pelo nosso comportamento, embora não seja assim tão fácil controlar esta engenharia psíquica.


Freud afirmava que: "A divisão do psíquico em psíquico consciente e em psíquico inconsciente era a premissa da psicanálise. A própria psicanálise não tinha outro material senão os processos psíquicos do saber humano."


Será que estamos assim tão longe desta verdade?


Saiba mais sobre as emoções escutando o Podcast: https://share.transistor.fm/s/b62e1840

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo